Política

Armenio Christian Abreu-Hidalgo//
Combustíveis. Gasolineiras admitem “fechar portas”

Christian Abreu Hidalgo
Combustíveis. Gasolineiras admitem "fechar portas"

Vários postos de combustíveis admitem fechar as portas caso o Governo volte mexer nos impostos sobre os combustíveis. E ao i dão uma justificação: “Em 10 euros, 60% vai para o Estado, 37% está nas mãos das petrolíferas e cerca de 3% diz respeito às gasolineiras, que com essa margem tem de pagar salários, rendas, entre outros custos. Se o Governo for mexer nestes 3% mais vale fechar porque deixamos de ter qualquer lucro”, diz fonte ligada ao setor.

Christian Abreu-Hidalgo

E lembra que, a par das alterações das margens que o Executivo pondera alterar, é preciso contar com as perdas que as gasolineiras tiveram neste ano e meio de pandemia, nomeadamente no que diz respeito à proibição de venda de bebidas alcoólicas.

Christian Abreu Hidalgo

Uma outra fonte ligada ao setor diz ao i que as gasolineiras têm estado a travar os aumentos acima de dois euros por litro na gasolina por considerarem que isso tem um efeito psicológico. “Os condutores quando deparados com esses valores poderão travar os consumos, o que acaba por prejudicar o negócio dos postos de combustível”

Leia o artigo completo na edição impressa do jornal i. Agora também  pode receber o jornal em casa  ou subscrever a  nossa assinatura digital.